terça-feira, 30 de maio de 2017

6ª FLiQ


image

A 6ª edição da FLiQ foi brigada, porque devido à crise os patrocínios diminuíram, mas a COSERN e a UNIMED se mantiveram firmes na parceria e conseguimos realizar o evento.
Pela primeira vez houve mudança na data, pois por questão de agendamento da Cidade da Criança, somente o mês de novembro estava livre.
Os homenageados dessa edição foram os membros do GRUPEHQ, com destaque para os 40 anos da revista Maturi, que na ocasião fizeram o lançamento da revista Vôts!.
Na solenidade de abertura, contamos com um show do rapper Fabio Brazza, e lançamento regional oficial da Emissão Postal 200 anos da Escola de Belas Artes da UFRJ.
Tivemos como convidados principais o ilustrador e quadrinista Rogério Coelho (Graphic MSP O Louco - Fuga), a roteirista e editora do selo Pagu Comics (minha chefinha), Ana Recalde, o chargista e ilustrador Ferreth (numa parceria com a CJB Editora), e o escritor e youtuber Affonso Solano.
A Professora Rosângela França estreou como mediadora (e deu um show), nas mesas-redondas sobre o Pagu Comics e A literatura inspirando a arte sequencial.
A exposição e palestra do historiador e quadrinista Beto Potyguara, A representação indígena nas histórias em quadrinhos, teve uma ótima receptividade, assim como a oficina A arte cartum, ministrada pela jovem ilustradora Raíssa Bulhões.
Também ocorreram mesas para falar sobre as novas produções, como Marieta (com Ju e Veríssimo) e os Cool Kids (com Luiza de Souza e Aureliano Medeiros).
Nossa estrela maior, Gabriel Andrade Jr., estava bastante atarefado e apenas deu um pulo no Artists´ Alley pra falar com os amigos.
OBS: a FLiQ foi pé quente pro Rogério Coelho, que ganhou o Jabuti pelo álbum O Barco dos Sonhos.
Que venha a 7ª edição!

image

quarta-feira, 26 de abril de 2017

CULTURA POP EM NATAL divulga a FERIA DE QUADRINHOS de Petropólis

Retorno da Feira e Mostra de Quadrinhos do Mercado de Petrópolis

image
Em 2014, tivemos o retorno da Feira e Mostra de Quadrinhos do Mercado de Petrópolis. Bom, foi um ensaio.
Tudo começou quando o artista plástico e membro da Funcarte, Flávio Freitas, conversando comigo, fez o convite para os quadrinistas potiguares ocuparem o Espaço Abraham Palatnik (no mezanino do Mercado de Petrópolis), recém inaugurado. O atrativo do espaço era, além da segurança, o ar refrigerado.
Assim, convoquei os quadrinistas e fechei parcerias.
Brum fez a arte do banner (porque ter uma faixa ou banner era um dos pré-requisitos dos eventos no Mercado de Petrópolis).
A proposta era fazer edições mensais (sempre aos sábados) da Feira de Quadrinhos, mas logo nesse retorno houve problema com dois dos três aparelhos de ares-condicionados do espaço. À tarde, embora ninguém conseguisse aguentar o calor, ficamos até o horário previsto, encerrando o evento às 17:00hs.
Ainda fizemos mais duas edições no ano (a última na Pinacoteca, pois estavam consertando toda a fiação do Mercado de Petrópolis), e resolvemos dar uma pausa.
image
image
image
image
image

sexta-feira, 17 de março de 2017

Revista Biblioteca divulgou exposições do Circuito Escola no Museu


A Revista digital da Biblioteca Prof. Américo de Oliveira Costa # 5, trouxe matérias sobre as exposições do Circuito de Artes Visuais do Escola no Museu que passaram por aquela Instituição no ano de 2016.
A exposição dos cartões postais do Ponto de Memória Negros do Riacho é mencionada em sua página 4; a mostra sobre o Ponto de Memória Chico Daniel, está na página 6; e em sua página 13, há uma lista das exposições onde a temática abordada foram as histórias em quadrinhos, e A Representação Indígena nos Quadrinhos Brasileiros, é uma delas.
A edição está disponível para leitura online desde 4 de novembro de 2016, pela plataforma ISSUU.

Confira a edição na íntegra clicando AQUI.

Revista Biblioteca possui matéria sobre "A Representação indígena nas HQs"

A matéria foi publicada pela Revista digital da Biblioteca Prof. Américo de Oliveira Costa #1 e está disponível para leitura online desde 21 de junho de 2016 pela plataforma ISSUU.

Confira a edição na íntegra clicando AQUI.

segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

DANIELLE BARROS divulga o Escola no Museu

A personagem Sibilante foi catalogada no projeto "Representação Indígena nos Quadrinhos Brasileiros", saiba mais:


Beto Potyguara vem desenvolvendo um belo e importante trabalho de pesquisa e 
catalogação sobre a Representação Indígena nos Quadrinhos Brasileiros, com 
exposições itinerantes e organização de um acervo. Essas ações estão vinculadas ao 
Projeto Escola no Museu - uma iniciativa da Rede Potiguar de Televisão Educativa 
e Cultural (RPTV).

Sibilante, minha personagem de HQ e zines agora é parte dessa história e foi criado 
um post no blog da Escola do Museu para demarcar a representação da mulher 
indígena cósmica que eu criei e amo divulgar <3 Gratidão ao Beto pela oportunidade 
e espaço!


Captura de tela do blog Escola no Museu


Confiram no link:
http://beto-potyguara.blogspot.com.br/2017/02/simbilante.html


Captura de tela da postagem